PRESENÇA DE NEMATOIDES RHABDITIFORMES E ÁCAROS EM BOVINOS LEITEIROS DO INSTITUTO FEDERAL DO NORTE DE MINAS GERAIS- CAMPUS SALINAS

  • Renata Costa Guedes Instituto Federal do Norte de Minas Gerais - Campus Salinas (IFNMG)
  • Antônio Barbosa da Silva Júnior
  • Isabella Maxwell Paulino Fernandes
  • Luana de Silva Furini
  • Vanessa Paulino da Cruz Vieira
Palavras-chave: Parasitose, Parasitologia, Girolando

Resumo

A rhabditiose causada por nematoides Rhabditis  spp. e a parasitose causada pelo  ácaro Railiettia spp. são enfermidades que acometem principalmente animais de orelha longa como  os  da  raça  Gir,  em  regiões  de  clima quente e úmido. Elas causam prejuízos econômicos, principalmente relacionadas com queda de produção e tratamento. Esse trabalho teve o intuito de avaliar a presença de nematoides rhabditiformes e ácaros em bovinos leiteiros do Instituto Federal do Norte de Minas Gerais- Campus Salinas. O estudo foi realizado no mês de abril de 2016, onde foram utilizados 37 bovinos leiteiros da raça Girolando, incluindo 26 fêmeas, 10 bezerros e um macho. Para avaliação da presença do  ácaro Railiettia spp., foi realizada a lavagem do pavilhão auricular direito, com auxílio de uma seringa automática (LEITE et al., 1989). Foi utilizado em cada animal, 50 mL de água e o material obtido da lavagem foi acondicionado em tubos de falcon de 50 mL, sendo posteriormente enviados ao Laboratório de Parasitologia Veterinária do IFNMG – Campus Salinas para análise em microscopia de luz. Para avaliação da presença de nematoides rhabditiformes, foi empregada a técnica para o diagnóstico descrita por Leite et al. (1993), utilizando uma zaragatoa através de movimentos giratórios no pavilhão auricular esquerdo para a coleta do cerume dos animais. O material contido em tubos falcon de 10 mL que permaneceram em contato com o sol, para assim observar a presença do nematoide, sendo posteriormente fixados em álcool 70º GL e remetido ao Laboratório de Parasitologia Veterinária do IFNMG – Campus Salinas para análise em microscópio esterioscópico. Após as análises não foi observada a presença de nematoides rhabditiformes e ácaros em bovinos leiteiros do Instituto Federal do Norte de Minas Gerais- Campus Salinas.

Biografia do Autor

Renata Costa Guedes, Instituto Federal do Norte de Minas Gerais - Campus Salinas (IFNMG)
Epidemiologia
Publicado
2016-10-18
Seção
FOTOS - ENCONTRO NACIONAL DE PATOLOGIA CLÍNICA VETERINÁRIA 2017