FREQUÊNCIA DE ECTOPARASITOSES EM CÃES E GATOS ATENDIDOS NO HOSPITALVVETERINÁRIO DO IFPB, CAMPUS SOUSA-PB

  • Bianca Alves Valencio Instituto Federal da Paríba
  • Paulo Wbiratan Lopes Costa
  • Roberto Alves Bezerra
  • Émerson Timóteo Alcântara
  • Vinicius Longo Ribeiro Vilela
Palavras-chave: Ácaros, Animais Domésticos, Sarna, Zoonose

Resumo

As sarnas são patógenos zoonóticos de grande interesse na clínica médica de pequenos animais por serem as mais frequentes causadoras de dermatopatias. Em cães, Sarcoptes scabiei e Demodex canis são as de maior ocorrência, sendo esta última patogênica quando os animais apresentam imunossupressão. Nos gatos, a infestação por Notoedres cati é uma dermatose intensamente pruriginosa, localizada principalmente nas orelhas, podendo causar lesões transitórias nos seres humanos em contato com animais infestados. Realizou-se o levantamento da ocorrência de sarnas em cães e gatos atendidos no Hospital Veterinário do IFPB, campus Sousa- PB, no período de Agosto 2015 a Julho 2016. Os animais previamente avaliados foram submetidos a Raspado Cutâneo para avaliação pelo Exame Microscópico Direto (EMD), objetivando visualização dos ácaros. Neste período, foram realizadas 62 análises, sendo 53 cães e nove gatos. Do total de cães, 20,7% foram positivos (11/53), sendo 81,8% para Demodex sp. (9/11) e 18,2% para Sarcoptes spp. (2/11). Dos gatos atendidos, apenas 22,2% (2/9) foram positivos, ambos para Notoedres spp. Dos cães positivos para sarnas 66% eram machos. As raças positivas mais frequentes dos cães foram 18,2% Pitbull (2/11), 27,3% Poodle (3/11) e 36,5% SRD (4/11). Conclui-se que são frequentes as sarnas em pequenos animais atendidos no Hospital Veterinário do IFPB. Demodex sp em cães e Notoedres spp em gatos.
Publicado
2016-10-18
Seção
FOTOS - ENCONTRO NACIONAL DE PATOLOGIA CLÍNICA VETERINÁRIA 2017