ESTUDO DO IMPACTO DAS PARASITOSES SOBRE A SAÚDE PÚBLICA NO ESTADO DE SÃO PAULO NO PERÍODO DE 2003 A 2013

  • Mateus Henrique Amaral Universidade de Franca
  • Salvador Boccaletti Ramos Universidade de Franca
Palavras-chave: Estudos de Séries Temporais, Estudos Ecológicos, Parasitoses, Serviços Hospitalares.

Resumo

O uso da informação contida nas bases de dados e sistemas de informação sobre saúde e ambiente, torna-se um recurso estratégico para a elaboração de estudos capazes de contribuir para as ações em promoção de saúde. Nesse sentido, o objetivo do presente estudo foi avaliar o impacto das doenças parasitárias sobre a saúde da população paulista e o Sistema Único de Saúde (SUS) no período de 2003 a 2013 a partir dos dados de óbitos, internações hospitalares e despesas associadas. As variáveis epidemiológicas foram obtidas no sítio do Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (DATASUS) e as variáveis de renda, educação e saneamento nos Censos Demográficos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Após organização e armazenamento, os dados foram apresentados de maneira descritiva e as internações por doenças parasitárias entre 2003 e 2013 foram convertidas em taxas de internação e tratadas estatisticamente em um modelo de regressão linear simples para estimar a tendência. Os resultados demonstram que o Estado de São Paulo apresentou melhorias para todos os indicadores socioeconômicos e ambientais estudados. Os óbitos por doenças parasitárias (DP) corresponderam, em média, a 43 mortes por ano, ou seja, cerca de 0,03% do total. A média anual de hospitalizações por estes agravos foi de 1.219, com uma despesa total de R$ 16.878.222,66 neste período. Verificou-se também uma tendência decrescente e significativa (p < 0,01) para as taxas de internação por DP, com uma queda anual de aproximadamente 0,03 internações a cada 10.000 habitantes. Os resultados sugerem que as melhores condições de habitação, renda e educação podem estar associadas aos inexpressivos impactos causados pelas doenças parasitárias sobre a saúde da população paulista e o SUS no período estudado.
Publicado
2016-10-17
Seção
FOTOS - ENCONTRO NACIONAL DE PATOLOGIA CLÍNICA VETERINÁRIA 2017