TRATAMENTO DE INFECÇÃO NASAL POR ENTOMOPHTHORALES EM MULA

  • Kayo José Garcia de Almeida Castilho Neto Programa de Pós-Graduação em Medicina Veterinária, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinária, UNESP, Jaboticabal, SP, Brasil
  • Guilherme Gonçalves Fabretti Santos Hospital Veterinário “Dr. Halim Atique”, UNIRP, São José do Rio Preto, SP, Brasil
  • Otávio Luiz Fidelis Júnior Programa de Pós-Graduação em Medicina Veterinária, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinária, UNESP, Jaboticabal, SP, Brasil
  • Luiz Cláudio Nogueira Mendes Departamento de Clínica, Cirurgia e Reprodução Animal, Faculdade de Medicina Veterinária, UNESP, Araçatuba, SP, 16050-680, Brasil
  • Fabiano Antonio Cadioli Programa de Pós-Graduação em Medicina Veterinária, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinária, UNESP, Jaboticabal, SP, Brasil. Departamento de Clínica, Cirurgia e Reprodução Animal, Faculdade de Medicina Veterinária, UNESP, Araçatuba, SP, 16050-680, Brasil
Palavras-chave: Zigomicetos, Equídeo, Iodeto de Sódio e Potássio

Resumo

Entomoftoromicoses são um grupo de enfermidades cosmopolitas causadas por Conidiobolus ssp e Basidiobolus haptosporus (B. ranarum) que afetam tanto o ser humano quanto animais, embora infecções em equídeos sejam pouco comuns. Entomophthorales são encontrados no solo, em folhas secas e parasitando insetos e aranhas e causam lesões piogranulomatosas no trato respiratório. O presente trabalho tem por objetivo relatar o tratamento de Entomoftoromicose nasal em uma mula, a qual apresentava dispneia e secreção nasal serosanguinolenta bilateral durante o exercício físico, com o uso de iodeto de sódio e potássio, que se mostraram eficazes e com baixo custo no tratamento da doença.
Publicado
2016-03-30
Seção
Relato de Caso Clínica e Cirurgia de Grandes Animais