PERFIL BIOQUÍMICO SÉRICO DE VACAS DAS RAÇAS NELORE E GIROLANDO SORORREAGENTES OU NÃO À BRUCELOSE E À LEPTOSPIROSE, NO ESTADO DO MARANHÃO, BRASIL

  • Washington Luis Ferreira Conceição Instituto Federal do Maranhão - IFMA
  • Daniela Gomes da Silva Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias – FCAV/UNESP
  • Thaís Gomes Rocha Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias – FCAV/UNESP
  • Danilo Rodrigues Barros Brito Instituto Federal do Maranhão - IFMA
  • Daniel Praseres Chaves Centro de Ciências Agrárias – CCA, Universidade Estadual do Maranhão – UEMA
  • José Jurandir Fagliari Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias – FCAV/UNESP
Palavras-chave: bovinos, bioquímica sérica, brucelose, leptospirose

Resumo

O objetivo do estudo foi determinar o perfil bioquímico sérico de vacas das raças Nelore e Girolando sororreagentes ou não à brucelose e à leptospirose, no Estado do Maranhão. Foram examinadas amostras de sangue de 150 vacas, com 24 a 36 meses de idade, não prenhes e não lactantes, distribuídas nos seguintes grupos experimentais: Grupo controle (25 vacas da raça Nelore e 25 vacas da raça Girolando, negativas aos testes de brucelose e de leptospirose), Grupo brucelose (25 vacas da raça Nelore e 25 vacas da raça Girolando, sororreagentes ao teste de brucelose) e Grupo leptospirose (25 vacas da raça Nelore e 25 vacas da raça Girolando, sororreagentes ao teste de leptospirose). Para as análises bioquímicas foram avaliadas as atividades séricas das enzimas aspartato aminotransferase (AST), fosfatase alcalina (ALP), gamaglutamiltransferase (GGT) e creatina quinase (CK) e as concentrações séricas de ureia, creatinina, bilirrubina total, bilirrubina direta, bilirrubina indireta, triglicérides, colesterol, proteína total, albumina, cálcio total, fósforo, magnésio, cálcio ionizado, sódio e potássio. As vacas sororreagentes à brucelose apresentaram menor atividade sérica de AST (Nelore: 51,9 U/L; Girolando: 56,6 U/L), maiores concentrações séricas de triglicérides (Nelore: 29,8 mg/dL) e menores concentrações séricas de cálcio ionizado (0,63 mMol/L). Por outro lado, as vacas sororreagentes à leptospirose apresentaram menor atividade sérica de AST (Girolando: 53,3 U/L), menores concentrações séricas de ureia (Nelore: 15,2 mg/dL; Girolando: 12,0 mg/dL) e de albumina (Girolando: 2,24 mg/dL) e maiores concentrações séricas de bilirrubina direta (Nelore: 0,13 mg/dL) e de fósforo (Nelore: 5,97 mg/dL), indicando que estas enfermidades influenciaram o perfil bioquímico sérico de vacas das raças Nelore e Girolando.
Publicado
2016-03-30
Seção
Artigos Patologia Clínica