O VELHO E QUERIDO CONDADO: uma breve análise do papel do espaço rural em O Hobbit e em O Senhor dos Anéis

a brief analysis of the role of rural space in The Hobbit and The Lord of the Rings

Resumo

Este artigo tem como objetivo apresentar uma breve análise do papel desempenhado pelo cronotopo rural nas obras do autor britânico J. R. R. Tolkien, tomando como exemplo a relação entre os hobbits, suas crenças e costumes, e suas terras rurais. Esse espaço/tempo rural é representado nas obras O Hobbit e O Senhor dos Anéis pelo Condado, um local pacífico e campestre no Oeste da Terra-média, longe dos problemas e das guerras além de suas cercas vivas. A vasta obra de Tolkien é famosa por sua forte relação com o espaço, a descrição detalhada da geografia e do tempo nos quais seus personagens estão inseridos, o que fica muito claro na relação entre os hobbits e o Condado. Por meio de trechos dos livros e de teorias acerca do espaço, este artigo brevemente apresenta e discute como o espaço rural criado por Tolkien e destinado a ser o lar dos hobbits dialoga de forma coerente com seus personagens, de forma a exercer uma forte influência sobre suas vidas, seus gostos e cultura. Um grande exemplo de como o cronotopo pode ser trabalhado na literatura de forma a estabelecer uma relação intrínseca à narrativa e aos seus personagens.
Publicado
2022-12-19