A A RESISTÊNCIA DE PERPERA SURUÍ FRENTE AO GENOCÍDIO INDÍGENA CONTEMPORÂNEO BRASILEIRO, NO FILME EX-PAJÉ: biopolítica, subjetivação e poder pastoral

Resumo

Este trabalho tem como objetivo principal apresentar um estudo acerca da resistência indígena marcada na materialidade fílmica de Ex-Pajé (2018). Para tanto, tomamos como abordagem teórico-metodológica a análise de discurso, sobretudo a perspectiva denominada como arque-genealógica que recuperamos da obra do filósofo francês Michel Foucault. Nesse sentido, os principais conceitos mobilizados ao longo do desenvolvimento do artigo foram: dispositivo (AGANBEM, 2009), objetivação e subjetivação (FOUCAULT, 1995) e poder pastoral (FOUCAULT, 2008a). O documentário Ex-Pajé emerge em 2018 sobre a direção de Luiz Bolognesi e possui uma narrativa que incide principalmente sobre a atuação de Pepera Suruí, o Ex-pajé que dá nome ao filme, junto aos integrantes do povo Paiter Suruí e junto à prática de culto cristão estabelecido entre seu povo a partir da invasão branca a que foram submetidos no final da década de 1960. A partir da materialidade discursiva do filme em questão e compreendendo sua constituição enunciativa, tomamos como escopo dez frames que nos possibilitam demonstrar como a exceção de um poder que identificamos como pastoral atua na condução dos indígenas aí objetivados e subjetivados como rebanho e que se deixam conduzir de uma prática ancestral ao culto cristão. Ao mesmo tempo em que subjetiva os indígenas como rebanho o poder pastoral contribui para o genocídio da cultura Paiter Suruí ao passo que Pepera Suruí, objetivado pelo poder pastoral como ex-pajé, exerce suas práticas de resistência marcado seu espaço de atuação mesmo no interior da igreja levantada dentro da Floresta, mantendo-se Pajé.

Biografia do Autor

Bruna Plath Furtado, Universidade Estadual de Maringá
Doutora em Estudos Linguísticos pela Universidade Estadual de Maringá Pesquisadora do Grupo de Pesquisa em Leitura, Análise do Discurso e Imagens (GPLEID-CNPq/UEM) Docente da Universidade Estadual do Paraná
Publicado
2021-11-23