O SER, O TER E O PARECER TER: reflexões sobre a relação entre a educação e a constituição da identidade social

Relections on the relationship between education and the constituition of osicial identity

Resumo

Com o poema O leão e o domador busca-se refletir sobre a constituição da identidade social na relação entre o ser, o ter e/ou o parecer ter. Para tanto, partindo do pressuposto de que a identidade social é resultante de um processo histórico complexo, dinâmico e contraditório, destaca-se que entre as tendências ser, ter e/ou parecer ter, uma se torna predominante conforme o contexto. Com base em uma pesquisa bibliográfica, aponta-se que nas relações capitalistas, com o desenvolvimento tecnológico e o estímulo ao consumo, o anseio social em possuir coisas tornou-se predominante sobre o ser. Com o advento da internet e a ampliação das possibilidades de interações sociais, sob o domínio do capital, a mercadoria tornou-se a vedete e o parecer ter passou a predominar. Diante deste processo, aponta-se a necessidade de a escola trabalhar a educação mediática no sentido de conscientizar sobre uso das mídias sociais, as consequências do consumismo na construção da identidade social, bem como sobre a possibilidade de sermos mais do que portadores de mercadorias.   
Publicado
2021-12-28