Construções persuasivas de oradores em lives durante a pandemia

Resumo

Este artigo analisa as diversas maneiras como cada orador (ethos) se apresenta em lives, em contexto universitário, as quais estão relacionadas ao caráter demonstrado pelo seu ethos, com evidências de prudência, virtude e benevolência. Centra-se na Retórica, a arte de convencer e persuadir o outro pelo discurso, no plano das ideias e das emoções. Esses e outros conceitos aqui discutidos fundamentam-se em Abreu (2009), Aristóteles (2011), Ferreira (2019) e (2015), Marcuschi (2008) e (2003), Meyer (2000) e (1994), Perelman e Olbrechts-Tyteca (2014) entre outros. Segue uma abordagem qualitativa, e sua relevância se dá por trabalhar um corpus diferenciado e por propiciar análises de diferentes manifestações do ethos (orador) na função monologal/dialogal quando expõe a temática proposta para um auditório universal e, na função dialogal, quando responde às questões provenientes dessa mesma temática, em um espaço previamente combinado, o Youtube, amparado pela difusão das redes sociais. Os resultados apontam para uma tendência de o ethos mostrar-se, inteligentemente, de modo geral, como sábio, poderoso, articulador das ideias e ardiloso, quando em situação monologal/dialogal, o que lhe é propiciado pelos artifícios retóricos como o argumento de autoridade, além de outros. Por outro lado, esse mesmo ethos se mostra flexível, cordato e calmo, ao responder perguntas acerca do tema ora discorrido pelo uso informal da sua linguagem, que se apresenta comumente modalizada, livre e espontânea.

Biografia do Autor

Maria Francisca Oliveira Santos, Universidade Federal de Alagoas
Possui Mestrado e Doutorado em Letras pela Universidade Federal de Pernambuco (1998) e Pós-Doutorado, na mesma área, pela Universidade Federal da Bahia (2009). Atualmente, é professora titular da Universidade Estadual de Alagoas (UNEAL/Arapiraca) e do Programa de Pós-Graduação em Linguística e Literatura da Universidade Federal de Alagoas (PPGLL/UFAL). Tem experiência na área de Letras e Linguística, com ênfase em Análise da Conversação, Linguística do Texto e Retórica, atuando principalmente nos seguintes temas: interação, língua falada e escrita, discurso, sala de aula, gêneros textuais, texto, relações de poder, estudos argumentativos e persuasivos da linguagem.
Publicado
2021-08-12