ESCRITA DE DIÁRIOS E AUTONOMIA EM CONTEXTO DE APRENDIZAGEM TELECOLABORATIVA DE LÍNGUAS

Resumo

O teletandem (TELLES, 2006) é um modelo bilíngue de aprendizagem telecolaborativa em que pares de falantes de línguas diferentes se encontram virtual e regularmente a fim de aprenderem a língua (e a cultura) um do outro. A prática de teletandem é norteada pelos princípios de separação de línguas, autonomia e reciprocidade (TELLES; VASSALLO, 2006). O presente estudo se insere no paradigma qualitativo e se caracteriza como um estudo de caso do tipo exploratório (LEFFA, 2006), enfocando dados de diários escritos por um participante brasileiro. Trata-se de estudo preliminar sobre o uso de diários para promoção de aprendizagem autônoma no contexto teletandem a partir de referencial teórico proposto por Reinders (2010), que operacionaliza a aprendizagem autônoma em contextos pedagógicos a partir do estabelecimento de (i) estágios que caracterizam o desenvolvimento da autonomia, (ii) papel desempenhado pelo aprendiz e pelo professor, e (iii) aspectos sócioafetivos e contextuais que são mediadores do processo, buscando mapear quais elementos/registros dos diários caracterizam a autonomia do aprendiz. A análise dos diários revelou recursos selecionados, prática estabelecida e monitoração e avaliação realizados pelo brasileiro em relação a suas motivações pessoais e em relação ao seu contexto mais amplo de formação.  
Publicado
2021-08-12