O GESTO INTERPRETATIVO DO(A) PESQUISADOR(A): Apontamentos teórico-metodológicos para análises de práticas sociais

  • Clebemilton Gomes Nascimento UFBA
Palavras-chave: Análise Discursiva. Análise Cognitiva. Complexidade. Práticas Sociais. Produção do conhecimento.

Resumo

Neste texto, parto do entendimento de que todo processo de construção, gestão e difusão do conhecimento está atravessado pela linguagem, sendo, portanto, uma dimensão estruturante no traçado teórico-metodológico de qualquer investigação científica bem como na atitude interpretativa e crítica do(a) pesquisador(a). Com isso, proponho uma reflexão sobre o gesto interpretativo da pessoa pesquisadora na análise textual de informações discursivas em práticas de pesquisas cuja matéria prima são textos de diferentes gêneros e tipos. Para tanto, desde a minha experiência como professor-pesquisador, proponho aproximações e contribuições de diversos campos do conhecimento, principalmente dos Estudos Críticos do Discurso, abordagem teórica a partir da qual tenho operado nas minhas análises,  a partir de  uma inflexão experimental, multidisciplinar, multirreferencial e polilógica da linguagem na/para a pesquisa. Dessa forma, a linguagem é pensada enquanto teoria e dispositivo analítico na modelagem do conhecimento. Para além disso, essa reflexão ensaia flertes, ainda incipientes, com os estudos da cognição no saber-fazer do analista cognitivo.

Biografia do Autor

Clebemilton Gomes Nascimento, UFBA
Professor da Universidade do Estado da Bahia (curso de Letras). Licenciado em Letras (UFBA). Doutorando no Curso de Doutorado Difusão do Conhecimento (UFBA).
Publicado
2020-12-30