CHARGE, MEMÓRIA E POLÊMICA: o caso Bolsonaro

  • Ana Cristina Carmelino Departamento de Letras da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
  • Sírio Possenti Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)
Palavras-chave: charge, humor, polêmica, política

Resumo

Este artigo se divide em três partes. Em primeiro lugar, faz uma breve exposição sobre memória, ethos e polêmica, conceitos-chave da Análise do Discurso que auxiliam na leitura de charges. Em segundo lugar, apresenta uma caracterização da charge como um gênero humorístico, com ênfase em elementos que facilitam ou dificultam sua interpretação, conforme sua ligação com um contexto mais ou menos imediato e conforme as informações que ela demanda por parte do leitor. Por fim, analisa algumas charges em função do ethos que as personagens retratadas dão a perceber.

Biografia do Autor

Ana Cristina Carmelino, Departamento de Letras da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Professora Associada do Departamento de Letras da Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP. Bacharel e Licenciada em Letras. Mestre e doutora em Linguística e Língua Portuguesa. Pós-Doutora em Linguística. Líder do GETHu – Grupo de Estudos de Textos Humorísticos (CNPq). Membro do Centro de Pesquisa Fórmulas e Estereótipos: Teoria e Análise (FEsTA).
Sírio Possenti, Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)
Professor titular do Departamento de Linguística da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Bolsista Produtividade A1 do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).
Publicado
2020-03-03