RETÓRICA E OS GÊNEROS ACADÊMICOS: mesclando imagens via analogia para comunicar ciência

  • Rosana Ferrareto Lourenço Rodrigues Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP), câmpus São João da Boa Vista.
Palavras-chave: Retórica. Persuasão. Imagem. Analogia. Gênero Acadêmico.

Resumo

Universidades brasileiras têm investido em cursos de redação acadêmica, iniciativa que ajuda graduandos e pesquisadores a desenvolver a escrita para a publicação científica. Entre essas motivações, está a de ensiná-los a argumentar. Das técnicas argumentativas, este trabalho abordará a analogia. Raciocinar por analogia é construir uma estrutura do real que permita encontrar e provar uma verdade graças a uma semelhança de relações (REBOUL, 2004). Resultante da fusão de um elemento do foro com um do tema, é elo no raciocínio indutivo e serve como meio de invenção, ponto de apoio para o pensamento criador (PERELMAN & OLBRETCHS-TYTECA, 2005). Desencadeia o pensamento, mesclando conceitos aparentemente diversos, para criar o tratável pela mente humana (TURNER, 2014). Na análise de excertos de corporaacadêmicos online, realizadas a partir da ferramenta tecnológica concordanciadora CQPweb, apresentam-se, via analogia, construtos abstratos de diversas áreas, tais como Matemática, Psicologia, Computação e Física. Nos textos analisados, as analogias aparecem através de as if/as though. Apresentar esses marcadores discursivos sob uma abordagem retórica, ao invés de descrever regras gramaticais, promove a criação de imagens de eficaz alcance persuasivo e pode contribuir para o ensino da escrita acadêmica nas universidades.  
Publicado
2020-03-03