A RELAÇÃO FALA – ESCRITA NAS REDES SOCIAIS E A QUESTÃO DOS MULTILETRAMENTOS EM CONTEXTO MULTILINGUE

  • Rajabo Alfredo Mugabo Abdula Universidade Estadual Paulista "Júlio Mesquita Filho" UNESP
Palavras-chave: Fala e escrita, redes sociais, multiletramentos.

Resumo

Quando falamos acerca escrita nas redes sociais dificilmente se torna separá-la da oralidade. A escrita e a oraldade se fundem nas redes sociais quebrando o conceito tradicional de escrita. As redes sociais tornaram-se espaços para exposição de novos gêneros, de multiletramentos, principalmente quando se fala de sociedades multilingues, onde há influência de uma língua na outra por causa do contato. O objetivo deste trabalho é analisar os casos de letramento digital a partir de dados extraídos do facebook e  discutir como a escola deve tratar os casos de letramento digital em sala de aula. O estudo foi feito a partir de conversas do facebook feitas pelos residentes de Quelimane, em Moçambique, que falam a língua local, o echúwabo, e a língua portuguesa.

Biografia do Autor

Rajabo Alfredo Mugabo Abdula, Universidade Estadual Paulista "Júlio Mesquita Filho" UNESP
Macharel em Ensino do Português pela Universidade Pedagógica de Moçambique, Licenciado em Ensino do Português pela Universidade Pedagógica de Moçambique, Mestre em Linguística e Língua Portuguesa pela Unversidade Estadual Paulista "Júlio Mesquita Filho" e doutorando em Linguística e Língua Portuguesa pela Universidade Estadual "Júlio Mesquita Filho"
Publicado
2020-03-03