MORFOLOGIA DO VERBO DA LÍNGUA ECHÚWABO

  • Rajabo Alfredo Mugabo Abdula Universidade Estadual Paulista "Júlio Mesquita Filho" UNESP
Palavras-chave: Moçambique, língua echúwabo, morfologia do verbo.

Resumo

Neste estudo fazemos uma abordagem em torno da estrutura do verbo da língua echúwabo, uma língua falada na Província da Zambézia, centro de Moçambique e pertencente ao grupo linguístico bantu, e tem como objetivo compreender as peculiaridades dos verbos da língua echúwabo, avaliando de forma específica a estrutura dos verbos e suas conjugações. Tal como acontence com outras línguas bantu, a estrutura verbal da língua echúwabo tem características próprias e é diferente de línguas como o português; e nas línguas bantu o verbo conjugado traz consigo marcas de sujeito, objeto, tempo e número. O verbo na língua echúwabo consiste em seis partes, nomeadamente, prefixo de sujeito, marcação de tempo, prefixo de objeto, raiz verbal, extensão verbal e vogal final. Uma das outras características do verbo na língua echúwabo é de ser marcada pela vogal inicial “o” e da extensão verbal influenciar o significado dentro da frase. 

Biografia do Autor

Rajabo Alfredo Mugabo Abdula, Universidade Estadual Paulista "Júlio Mesquita Filho" UNESP
Graduado em Letras pela Universidade Pedagógica de Moçambique, mestre em Linguística e Língua Portuguesa pela Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" e doutorando em Linguística e Língua Portuguesa pela Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho".
Publicado
2018-08-14