A influência da ordem no português brasileiro: uma análise dos adjuntos adverbiais em corpus falado do dialeto mineiro

  • Marcus Garcia de Sene Universidade Estadual Paulista
  • Caio Santilli Oranges UNESP/FCLAr
  • Bruna Loria Garcia UNESP/FCLAr
Palavras-chave: Adjuntos Adverbiais, Ordem Direta, NGB

Resumo

Este artigo tem como objetivo explicitar a influência da ordem no português contemporâneo para analisar os adjuntos adverbiais e discutir a terminologia utilizada pela Nomenclatura Gramatical Brasileira, a qual coloca os adjuntos como sendo termos acessórios da oração. Analisamos, a partir do corpus, até que ponto tais termos podem ser considerados como acessórios ou integrantes, partindo da importância desses para a construção do significado das orações. Para tanto, o trabalho parte da observação de um corpus falado, constituído por entrevistas transcritas retiradas do projeto mineirês, da professora Jânia Ramos, e da fala Uberabense retiradas do Grupo de Estudos Variacionistas (GEVAR). Observamos, assim, aspectos que concernem à ordem, os quais colaboram para a discussão sobre a terminologia e a função dos advérbios.

Biografia do Autor

Marcus Garcia de Sene, Universidade Estadual Paulista
Doutorando e mestre em Linguística e Língua Portuguesa pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP/Araraquara). Graduado em Letras Português/Inglês pela Universidade Federal do Triângulo Mineiro (2015). Membro-pesquisador do Núcleo de Pesquisa em Sociolinguística de Araraquara (SolAr) e do Grupo O Ensino de Língua Portuguesa e a Relação entre Oralidade e Escrita (UFTM/Uberaba). Tem interesse por Sociolinguística e suas interfaces, Gênero, Fonologia do Português e Oralidade e Escrita.
Caio Santilli Oranges, UNESP/FCLAr
Mestre em Linguística e Língua Portuguesa pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP/ Araraquara. Possui graduação em Letras - Português/ Inglês pela Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM). Tem experiência nas áreas de Letras e Linguística, com ênfase em Lexicologia, Lexicografia e Semântica
Bruna Loria Garcia, UNESP/FCLAr
Mestre em Linguística e Língua Portuguesa pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP/ Araraquara. Graduada em licenciatura em Letras com habilitação em Português e Espanhol da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM). Membro do Núcleo de Pesquisa em Sociolinguística de Araraquara (SOLAR)
Publicado
2018-08-14