A importância do controle da microbiota bucal e o uso de biomaterial em cirurgias de enxerto alveolar secundário nos pacientes com fissura labiopalatina

Marcos Roberto Tovani Palone, Thaieny Ribeiro da Silva, Narciso Almeida Vieira, Gisele da Silva Dalben

Resumo


A cavidade bucal é uma das portas de entrada ao nosso organismo. Pertencendo ao sistema digestório, também funciona como uma via de acesso às vias respiratórias. A fissura labiopalatina é uma anomalia que pode promover perda de continuidade nos tecidos labiais, alveolares e palatinos da maxila, necessitando de procedimentos cirúrgicos para reabilitação estética e funcional do paciente.
Diante disso, o objetivo do presente estudo foi realizar um trabalho de atualização enfatizando a influência da microbiota bucal e o uso de rhBMP-2 em pacientes submetidos a cirurgia de enxerto alveolar secundário, visto que a cirurgia apresenta um período pós-operatório crítico e de grande importância para o sucesso do tratamento, o qual requer muitos cuidados tanto no que diz respeito à alimentação quanto à higienização bucal, esta com o propósito de diminuir os riscos de infecção no respectivo período. O cuidado com a higiene bucal destes pacientes é um fator importante no processo saúde/doença a partir de uma concepção holística, em prevenir não somente as alterações na cavidade bucal como evitar que esses micro-organismos residentes se tornem agentes complicadores do estado geral do paciente.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26843/investigacao.v13i2.786