METÁSTASE DE MASTOCITOMA NA MEDULA ÓSSEA

Amanda Bizare, Karen Santos Março, Fernanda Martinato, Patrícia Jábali Bueno, Nathan da Rocha Neves Cruz, Aureo Evangelista Santana

Resumo


O tumor de mastócitos, ou mastocitoma, é uma das neoplasias cutâneas malignas mais frequentes no cão, sendo mais agressiva nesta espécie quando comparada a outras. Ocorre principalmente em animais de meia-idade ou mais velhos, acima de 8 anos. A foto trata-se de uma punção biopsia aspirativa de medula óssea, retirada do esterno, de um cão de 15 anos, SRD, fêmea, sem raça definida. Ao exame físico o animal apresentava linfonodos submandibulares aumentados, firmes e com perda de mobilidade, massa rósea atingindo a região rostral de paleto duro e nódulo firme na terceira mama da cadeia direita de aproximadamente 1 cm de diâmetro.


Palavras-chave


Cães, Ctologia, Mastócito, Mielograma



DOI: http://dx.doi.org/10.26843/investigacaov1762018p%25p