Diagnóstico de demodicose generalizada em cão

Adelly Caroline Mota

Resumo


Raspado cutâneo profundo com presença de ácaros adultos, larvas, ninfas e ovos, proveniente de cão da raça Pug, cinco meses de idade. O paciente em questão apresentava alopecia multifocal, pápulas com crostas e descamações nas regiões de cabeça, pescoço e membros. O ácaro demodex faz parte da microbiota normal da pele canina, contudo alguns fatores, como dieta inadequada, estresse, alterações endócrinas, imunossupressão medicamentosa e algumas doenças, podem predispor a maior proliferação deste microrganismo e, consequentemente, ao aparecimento de lesões de pele, que por sua vez podem piorar devido infecções bacterianas secundárias.


Palavras-chave


Ácaros, dermatopatias, prurido



DOI: http://dx.doi.org/10.26843/investigacaov1762018p%25p