SPOROTHRIX SP. EM LESÃO CUTÂNEA DE UM FELINO

Bruna Spadotto, Raqueli Teresinha França, Antonella Souza Mattei

Resumo


Citologia de lesão ulcerativa na região facial de um felino, sem raça definida, adulto, macho não castrado. O animal foi encaminhado para atendimento, onde realizou-se a coleta através de swab das lesões para análise citológica e micológica. A amostra foi corada com corante do tipo Romanowsky. Na avaliação citológica foi observada inflamação piogranulomatosa, com grande quantidade de células leveduriformes ovais a fusiformes, com um halo fino claro ao redor de um centro basofílico, presentes no interior de macrófagos e livres, sugestivo de Sporothrix sp. Infecções por este agente ocorrem através do implante traumático, causando lesões cutâneas proliferativas elevadas que evoluem para ulceração, drenando um exsudato serosanguinolento. Em felinos, essas lesões são tipicamente notadas em membros distais e na cabeça. Devido ao papel epidemiológico e zoonótico, que os felinos possuem na transmissão, é necessária a realização do diagnóstico e do manejo corretos dos animais infectados.


Palavras-chave


Sporothrix sp; felino; citologia



DOI: http://dx.doi.org/10.26843/investigacaov1762018p%25p