TÉCNICAS DE RECONSTRUÇÃO PARA DEFEITOS CUTÂNEOS EM REGIÃO DE COTOVELO

Bruno dos Santos Gusmão, Caio Xavier de Oliveira Verdelone, Nazilton de Paula Reis Filho, Andrigo Barboza De Nardi, Bruno dos Santos Gusmão

Resumo


Lesões cutâneas e subcutâneas em pequenos animais são frequentes na rotina clínica cirúrgica. Devido às particularidades anatômicas da região do cotovelo, afecções como o higroma, neoplasias cutâneas e subcutâneas ou lesões traumáticas ocorrem com frequência. Muitas vezes não é possível o fechamento primário da ferida cirúrgica nesta região, tendo indicação de técnicas de reconstrução. As técnicas de reconstrução que podem ser utilizadas incluem o retalho de padrão axial da artéria toracodorsal, retalho de padrão axial da artéria torácica lateral, retalho de padrão axial da artéria braquial superficial e retalho em padrão subdérmico da prega axilar. As principais complicações relatadas na literatura são necrose distal do retalho, hematoma e formação de seroma. Entretanto, apesar do número de trabalhos serem poucos, estes demonstram resultados satisfatórios na utilização destes retalhos. O presente trabalho tem como objetivo compilar a descrição de diferentes opções de reconstrução para auxílio do cirurgião no momento do planejamento cirúrgico.


Palavras-chave


Cirurgia; Retalhos Cutâneos; Higroma

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.26843/investigacaov1812019p%25p