ANÁLISE DA ADAPTAÇÃO E ACEITABILIDADE DE UM PROTÓTIPO DE GUIDÃO ELÍPTICO

Luciana Almeida Chaebub Rodrigues, Marina Germano de Souza Liporaci, Mayara Biazi Nanetti, Fabíola Pansani Maniglia

Resumo


Estimativas indicam um aumento crescente de pessoas que utilizam a bicicleta como meio de transporte sendo que o uso contínuo pode gerar problemas neuro-músculo-esqueléticos, tanto em membros superiores quanto na coluna vertebral do usuário. O risco para possíveis lesões está associado com a posição que o ciclista assume na bicicleta e um dos principais elementos que interfere diretamente na posição do ciclista na bicicleta é o guidão. Foi desenvolvido um Guidão Elíptico (GE) com o objetivo de modificar a empunhadura da mão, antebraço e melhorar a postura do tronco, visando minimizar/eliminar lesões comuns aos ciclistas. Assim, o objetivo deste estudo é avaliar a adaptabilidade e aceitabilidade do ciclista durante a utilização do GE em uma bicicleta-passeio. Participaram deste estudo 10 pessoas que realizam um teste dinâmico que consistia em percorrer um circuito de 500 metros, uma vez com o Guidão Convencional (GC) e outra vez com o GE. Após os testes, os participantes responderam a um questionário autoaplicável elaborado pelos pesquisadores para verificar a adaptação e aceitabilidade do GE. As respostas ao questionário demonstraram que mais de 80% dos participantes se adaptaram ao GE e relataram grande aceitabilidade, representando mais de 90% da amostra. Apesar deste estudo ser preliminar, estes achados confirmam que o GE, além de ser um dispositivo diferente do GC e ter grande adaptação e aceitabilidade, torna-o um possível substituto do GC para a bicicleta-passeio, visando atrair os indivíduos para experimentarem os benefícios do uso da bicicleta, sem os riscos de lesões.

Palavras-chave


Bicicleta, Biomecânica, Patentes

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.26843/investigacaov1752018p%25p