A RELAÇÃO DA COX-2 E OS CARCINOMAS MAMÁRIOS EM CADELAS

Rosana Lino Salvador-Bernabé, Carlos Eduardo Fonseca-Alves, Mirela Tinucci Costa, Renée Laufer Amorim

Resumo


As neoplasias mamárias são os tumores mais comuns em cadelas e as neoplasias malignas representam mais de 70% de subtipos histológicos de tumores mamários caninos no Brasil e cerca de 50% em outros países. O tratamento das neoplasias mamárias em cadelas é um desafio, e o procedimento cirúrgico constitui a melhor opção terapêutica para os tumores não metastáticos. A cicloxigenase (COX) é uma classe de enzimas responsável pela ciclooxigenação e peroxidação do ácido aracdônico proveniente da membrana celular, levando a formação de prostaglandinas. A COX-2 é expressa de forma constitutiva em poucos tecidos, mas pode ser induzida em condições patológicas específicas, tais como, processos inflamatórios e neoplásicos. Em cadelas, vários estudos demonstraram que a COX-2 está expressa em carcinomas mamários e que uma alta expressão proteica se relaciona com o aumento da angiogênese tumoral, grau de malignidade e pior prognóstico. A expressão da COX-2 em neoplasias mamárias é considerada um fator preditivo em potencial, devido à possibilidade da associação de inibidores seletivos para COX-2 em tratamentos adjuvantes. Este trabalho buscou revisar a expressão de COX-2 em neoplasias mamárias caninas já descritas em pesquisas, visto que é crescente a evidência de estudos relacionados a este assunto visando à possibilidade de terapias-alvo.


Palavras-chave


Câncer, Carcinoma, Cicloxigenase-2, Fator preditivo.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.26843/investigacaov1732018p%25p