ASPECTOS MORFOFISIOLÓGICOS E PRINCIPAIS ALTERAÇÕES RUMENAIS EM BOVINOS DE CORTE – REVISÃO DE LITERATURA

Paulo Roberto Lucas Viana Filho, Antônio Ferreira Garcia Neto, Didier Quevedo Cagnini, Caroline Rocha de Oliveira Lima, Luiz Antônio Franco da Silva, Bruno Moraes Assis, Rogério Elias Rabelo

Resumo


Tem-se como objetivo neste trabalho, realizar uma revisão sobre a anatomia e fisiologia dos pré-estômagos e estômago de bovinos, bem como descrever as principais alterações rumenais encontradas em bovinos abatidos em frigorífico. A crescente demanda na produção de bovinos de carne permitiu ao Brasil alcançar o segundo lugar no ranking mundial de bovinos mantidos em sistema de criação. Essa otimização foi possível graças ao desenvolvimento de dietas cada vez mais elaboradas e ricas em altos concentrados energéticos. Em contrapartida, estas dietas altamente especializadas no aumento da produção são capazes de gerar danos consideráveis aos tecidos rumenais, bem como efeitos deletérios sobre sua fisiologia. Nesse sentido, se faz necessário que o profissional seja detentor do conhecimento sobre a anatomia e fisiologia do estômago e pré-estômagos, como o rúmen, além das alterações passíveis de ocorrerem e serem observadas nessas estruturas anatômicas durante o abate.


Palavras-chave


rúmen, rumenite, inspeção, frigorífico

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.26843/investigacao.v17i1.2100