CRYPTOCOCCUS SP EM LÍQUIDO PLEURAL

Ivanio Teixeira de Borba Junior, Roberta Martins Basso, Nayara Dantas Limonta, Bruna dos Santos, Regina Kiomi Takahira

Resumo


Criptococcus sp em líquido pleural de um cão, SRD, filhote. A criptococose é uma zoonose causada por fungo do gênero Criptococcus e acomete vários animais domésticos, principalmente cães e gatos. A transmissão ocorre principalmente por fezes de pombos e tem caráter oportunista. O diagnóstico se dá por meio de citologia, histopatologia, cultura e sorologia. O animal foi encaminhado com suspeita de erlichiose e gastroenterite, apresentando anemia normocítica normocrômica (hematócrito 30%), trombocitopenia (10.000/μL) e leucopenia (2.600/μL). Após o insucesso do tratamento o paciente apresentou efusão torácica. O líquido apresentava coloração avermelhada, densidade 1,024, proteína 3,2 g/dL, glicose + (50 mg/dL), 3.045 células nucleadas/μL, com predomínio de neutrófilos segmentados e presença do Cryptococcus sp (Figura A, panótico) posteriormente confirmada pela coloração Nanquim (Figura B).


Palavras-chave


canino, líquido pleural, Cryptococcus sp