BACTÉRIAS FAGOCITADAS POR NEUTRÓFILO EM SANGUE PERIFÉRICO DE GATO

Bruna dos Santos, Fernanda Panseri Rodrigues, Ivanio Teixeira de Borba Junior, Nayara Dantas Limonta, Regina Kiomi Takahira

Resumo


Presença de bactérias, em forma de bacilos (seta), fagocitadas por neutrófilo em sangue periférico de gato. Os neutrófilos são a principal célula de defesa do organismo frente a agentes bacterianos. O quadro de sepse ocorreu em uma fêmea de dois meses de idade, que apresentava apatia, decúbito, pulso fraco, mucosas pálidas e ictéricas, desidratação moderada, hepatomegalia e esplenomegalia e hipotermia (35,5ºC). No hemograma observou-se anemia normocítica normocrômica (hematócrito 9%), proteína plasmática total 6,0 g/dL, trombocitopenia (7.575 plaquetas /µL), 6.000 leucócitos/µL e presença de neutrófilos tóxicos com granulação e vacuolização citoplasmáticas. O animal foi a óbito dentro de poucas horas provavelmente por choque séptico. O achado das bactérias fagocitadas por neutrófilos e sua relevância para caracterizar o quadro de sepse sustentam a necessidade da avaliação microscópica do esfregaço sanguíneo.


Palavras-chave


sepse, neutrófilos tóxicos, bactérias fagocitadas