REPRESENTAÇÕES NO INSTAGRAM DE DUAS MULHERES INDÍGENAS BRASILEIRAS

Palavras-chave: discurso, mulheres indígenas, representação, identidade.

Resumo

Este artigo se refere à pesquisa de Iniciação Científica “Falares e Olhares de Gênero: mulheres indígenas e brasileiras, vozes em contextos virtuais”, com bolsa cedida pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPq. Possui como objetivo refletir o funcionamento  dos discursos das mulheres indígenas no Brasil, na mídia online, especificamente por meio do Instagram de Ysani Kalapalo e Sônia Guajajara. Interessa-nos como se configura a busca por visibilidade e espaço de poder por essas mulheres e suas práticas identitárias. Utilizou-se como base teórico-metodológica estudos do discurso, da mídia e culturais, tais como Pêcheux, Foucault, Hall, Manovich e Coracini. A análise se deu a partir da seleção de regularidades que foram demarcadas pelos eixos temáticos Polarização política, Corpo-território e Protagonismo das mulheres, com o propósito de estudar as representações identitárias e o discurso de duas mulheres indígenas no Brasil com forte presença na rede social Instagram. 
Publicado
2020-12-14