A PAIXÃO DA CÓLERA EM "CINZAS DO NORTE", DE MILTON HATOUM

Miriam Moscardini, Vera Lucia Rodella Abriata

Resumo


Este estudo objetiva analisar cenas do romance Cinzas do norte, de Milton Hatoum, baseando-se principalmente na semiótica francesa. Nosso enfoque será o estudo da paixão da cólera e suas variantes, tal como as concebe Jacques Fontanille em Dictionnaire de passions littéraires (2005). Sabe-se que os estudos semióticos visam ao estudo das paixões como efeitos de sentido inscritos e codificados na linguagem. Fontanille estabelece uma sequência canônica da paixão da cólera a qual utilizaremos em nossa análise, objetivando identificá-la no texto hatouniano. O estudo da paixão da cólera, que se concretiza no romance, é importante porque nos possibilita, por meio da sequência canônica, entendermos como se dá a relação conflituosa entre pai e filho existente na obra, revelando-nos como o enunciador tece os sujeitos de papel e os inscreve no texto, revelando-nos seus estados de alma, enfim, as paixões humanas.

Palavras-chave


Milton Hatoum; Semiótica francesa; paixão; cólera.

Texto completo:

PDF