A Verossimilhança Entre os Contos: ‘O Barril de Amontillado’ e ‘Venha Ver o Pôr-do-Sol’

Jacqueline Ferreira Mariano, Marilurdes Cruz Borges

Resumo


Este artigo apresenta uma análise sobre a verossimilhança entre os contos “O barril de Amontillado”, de Edgar Allan Poe, e “Venha ver o pôr-do-sol”, de Lygia Fagundes Telles, embasada na perspectiva dialógica bakhtiniana, por considerá-la o princípio constitutivo da linguagem e da condição de sentido do texto. A reflexão expõe a interdiscursividade e intertextualidade existente entre as personagens Montresor e Ricardo, protagonistas respectivamente dos contos em estudo, a fim de comprovar a influência da estética romântica de Poe na obra modernista de Telles.

Palavras-chave


intertextualidade; interdiscursividade; verossimilhança

Texto completo:

PDF